22. out, 2021

Respirar

Respiração é vida e quando comecei no pilates com a Renata ,há dois anos e meio quase atrás eu  utilizava a respiração como necessidade e não como filosofia.

Cada vez que eu "puxo" o ar eu realmente me inspiro ,em segundos eu me foco no exercício que estou fazendo e foco em cada objetivo do exercício e como eu posso melhorá-lo.

Isto me exige mais concentração e quando expiro vem a sensação de " alívio " por ter feito o exercício da melhor forma possível.

Isto fui aprendendo aos poucos,até a ansiedade que eu tinha de acabar o exercício logo,foi acabando aos poucos.

Respirar bem reduziu também a minha fadiga muscular e beneficiou meu melhor aproveitamento do meu sistema cárdio váscular,meus primeiros dias de pilates ,a cada final de exercícício mesmo sendo leves pois estava começando a realizar atividades que eu nunca havia feito na vida, saía muito cansada da aula.

Agora tudo mudou , ontem com o exercício do tigre em que eu tinha muita dificuldade de equilíbrio ,pois tenho que ficar em posição de quatro apoios e com o braço esquerdo e perna direita elevados e depois braço direito e perna esquerda ,a falta de equilíbrio me tirava do foco.

Agora focada na respiração e em um tempo maior dos membros elevados , respirando de maneira certa,eu me concentro no equilíbrio e consigo resultados melhores como ontem.

Baseado em tudo isso eu trouxe o texto prpoduzido  fisioterapeuta Gabriel que chegou a me dar aula alguns dias para substituir o Rodrigo. 

Espero que o texto possa ajudar vocês leitores a conhecerem um pouco melhor sobre a importância de uma ótima respiração na execução do pilates e seus benefícios.