28. mai, 2020

O Bom Uso das Joelheiras

 

 

Podemos usar joelheiras para dois fins, um preventivo (justificado como uma tentativa de redução do índice ou gravidade de lesões nos joelhos, sem interferir na mobilidade do mesmo) e outro para estabilização (quando houver processo de reabilitação ou lesões por repetição).

Sabemos que as lesões na articulação do joelho são frequentes em práticas esportivas, micro traumas por repetições, lesões ligamentares, cartilaginosas, assim em alguns casos as joelheiras são aconselhadas para diminuição deste risco, poupando assim o atleta de lesões mais severas, mesmo sendo algo controverso entre profissionais da saúde.

Precisamos entender que existem três tipos de joelheiras, as joelheiras e faixas elásticas (onde os movimentos não são impedidos, a mobilidade da articulação é permitida, porém existe um suporte maior de estabilidade, onde é fornecido um suporte mecânico para a articulação, utilizada para proteção de ferimentos futuros ou riscos de lesões.

Esta proteção é especialmente importante para os joelhos colocados sob constante pressão diária (corrida, escadas, salto alto, levantamento de peso). Estas joelheiras ainda contam com um elemento importante a compressão, que, em auxilio à oscilação muscular, reduziria o tamanho dos vasos sanguíneos, o que se traduziria em menos estresse nos músculos e em um fluxo sanguíneo mais rápido e eficiente na área do joelho/perna, porém para atletas praticantes da modalidade de levantamento de peso, as faixas elásticas são mais indicadas, pois a mesma permite seu uso de forma mais, segura, podendo o atleta, a colocação de forma mais firme, de acordo com a intensidade do exercício realizado, devemos sempre estar atentos, pois ideal é não pressionar muito a patela contra a parte de trás do fêmur, para não resultar em problemas envolvendo as cartilagens da região.

E existem as órteses de reabilitação ou funcionais, que são usadas quando já existe uma lesão instalada, serviriam para realizar compressão, mantendo a patela em seu lugar, ou limitando o movimento do joelho pós lesão ou cirurgia, auxiliariam ainda na proteção de ligamentos rompidos como os colaterais após um entorse, evitando o agravo da lesão.

O que precisamos entende para o uso ou não das joelheiras, este é um assunto muito discutido entre atletas e profissionais da área da saúde, o uso deve ocorrer com a real necessidade do mesmo, no caso das joelheiras e faixas elásticas, devemos fazer o uso das mesmas, em atividades intensas, onde a articulação é exposta a pressões e cargas excessivas, onde as movimentações dos joelhos precisa ser segura biomecanicamente ou ainda quando a articulação já nos mostra sinais de cansaço e mau funcionamento funcional, com desequilíbrio da ação muscular, que resultará em alteração de movimento e possíveis lesões.

Já as órteses, geralmente são utilizadas para retorno das atividades físicas pós lesão, seja ela reabilitada de forma conservadora (com exercícios e fortalecimento) ou de forma cirúrgica, recomendadas assim até que a recuperação da articulação seja alcançada, evitando assim o acumulo de mircrotraumas ou repetições da lesão com grau de comprometimento ainda maior.

 

Contudo para uso ou não de joelheiras, faixas elásticas e órteses, sempre deve vir acompanhado de uma avaliação com um profissional, seja da área da ortopedia ou fisioterapia, para que realmente a mesma seja empregada de forma correta, necessária.

Um enorme beijo a todos, fiquem com Deus e até a próxima!!