23. abr, 2019

Presente ...

Os diálogos, as imagens, o sorriso lindo sem direção, sem porto de chegada ou horário de partida, fazem parte da canção.
Aconteça sem medidas.
Sopre com emoção.
No falar em silêncio, em telepatia de mentes e corpos quentes, confluentes, que em olhares envolventes se cruzam num dedilhar de abraços. Que se difundem pelo universo, transmitindo o amar que paira no ar, no verso do extasiar, salgado sabor a mar.
Espero que o bem que produz aqui seja refletido do lado que está...

Para quem acredita que o amor é eterno...

Daniel Borg