9. fev, 2018

10 mil

Ontem eu bati meu recorde de acessos em uma só postagem de uma matéria minha.

A emoção foi tão intensa que a única coisa que eu fiz foi chorar de felicidade.

Nada melhor que o reconhecimento de algo quando fazemos com muito amor e carinho.

Acredito que um dos grandes presentes de Deus é a oportunidade de fazer o que amamos .

Só tenho que agradecer sempre a quem acompanha meu trabalho e sabe que tenho lutado muito pelo volei de base no país que não tem o reconhecimento que merece ter.

Que tem poucas pessoas que a ele se dedicam,esta é uma "guerra" que participo há dois anos cada dia tentando fazer com que as pessoas tomem a consciência que o esporte é como pirâmide não existe elite sem base e que as meninas que quase não aparecem na mídia,eu as estou colocando uma a uma,elas precisam de apoio ,incentivo e motivação para continuarem lutando por seus sonhos de chegar à seleção de base e superliga. 

É uma luta imensa que estou vencendo a cada dia também e hoje foi a primeira vez que eu vi uma matéria minha chegar neste número,isto me mostra que estou no caminho certo ,que preciso continuar a mostrar o valor destas jovens talentos do esporte para que o país veja.

No começo a resistência era enorme,poucos liam,agora o número cresce a cada dia e a felicidade só cresce.

E para quem está começando qualquer coisa na vida eu sou o conselho que um dia me deram: faça algo diferente ,se for pra fazer algo que todo o mundo faz,não perca seu tempo.

Eu escolhi fazer o que a maioria da imprensa não faz: cobrir o vôlei de base.

Em primeiro lugar pois eu vivi nele durante quatro ano no meu tempo de faculdade de educação física e conheço como a base funciona.

Em segundo lugar: diferente da imprensa que se preocupa com o retorno financeiro ,não é nele que eu penso,ver a alegria das meninas quando se deparam com suas próprias entrevistas ,felizes e realizadas,não tem fortuna financeira alguma que me pague isso.

Para as pessoas que não entendem o motivo de eu falar sobre meu trabalho aqui ,só digo que ele foi fundamental completamente na  recuperação da minha lesão,eu trabalhava sentada na cama ou no sofá enquanto fazia minhas compressas de gelo,se eu não tivesse meu trabalho para fazer teria sido muito mais difícil .

Quando temos um objetivo na vida,tudo fica mais fácil,viver com a cabeça "vazia" não é nada bom pra ninguém,quem dirá para uma pessoa que busca recuperação em qualquer problema.

Meu trabalho preencheu minha vida nos momentos que eu mais precisei  e agora faz parte da vida de muitas pessoas.

Que todos aqueles que estejam passando por alguma dificuldade seja ela qual for,não importa a atividade ,busque algo que complete sua vida .

O tempo de preocupação com a lesão diminuirá e você terá uma realização naquilo que com amor estiver fazendo.

Encontre uma inspiração para produzir algo,não fique com a cabeça somente em seu problema,seja ele qual for.

Encontre seu caminho e seja feliz!