1. mai, 2017

Final de Semana.

Existe uma frase assim : Se algum dia eu tive algo,não me lembro.

E foi bem essa frase que eu trouxe hoje,se um dia eu tive condropatia,,não me lembro.

Cada dia melhor,e no ritmo de um dia de cada vez eu venci a lesão em 2015 e depois disso nunca mais soube o que é condropativa.

No úktimo final de semana ,eu fui pro evento de vinte anos do projeto,sentei na arquibancada  com meus amigos, fiz todo meu trabalho sentama,quando o evento acabou,desci as arquibancadas,fui atrás do Bernardinho pra pedir uma entrevista pra ele,fiquei em pé ,esperei que ele pudesse me atender e voltei pra casa muito feliz.

Sábado voltei ao ginásio para o vôlei das estrelas ,jogo que reuniu as antigas jogadodas da equipe do Rexona que foram campeãs no primeiro título da Superliga aqui em Curitiba.

Andei um monte pela quadra,fia entrevista,revi amigos ,as jogadoras,minha ex chefe de estágio do meu meu curso de educação física,fui voluntária do projeto durante quatro anos ,nas férias de dezembro e janeiro ficavá ajudando nos treinos da equipe principal,comedei pegando bola e saí sabendo muito de voleibol.

E poder entrevistar o Bernardo então foi uma honra imensa .

sobre a minha lesão no pé estou muito bem também ,recuperada ,completamente normal meu tornozelo já desinchado pronta para quarta feira voltar às atividades normais.

Espero que as pessoas que estão sofrendo hoje com a mesma lesão que eu se inspirem neste post e não desistam de lutar em minuto algum pois eu lutei pela minha recuperação e venci na base da dedicação,determinação disciplina e muita fé!

Venci pois eu sabia que eu tinha o poder da superação dentro de mim ,que eu sou capaz de vencer grandes adversidades,venci pois sabia que eu tenho alguém que torce por mim a cada segundo e acreditou que eu faria de tudo pra me recuperar .

Foram meses em que eu via todos os meus colegas da imprensa trabalhando em estágios e ginásios  e eu tinha que ficar trabalhando em casa pois tinha que fazer repouso pra me recuperar.

É depois de já ter coberto a equipe do Curitibano em uma competição nacional eu tive a felicidade de dar um grande salto na minha carreira profissional,porque eu nunca me acomodei com alogo que todos diziam não ter cura .

Estou  aqui pra contar mais um capítulo de uma vitória pessoal minha ,não desista de lutar independente do problema a vitória está dentro de você e da sua capacidade de vencer grandes batalhas,