23. abr, 2015

Repeito sempre!

Hoje pela manhã também vi o comentário de uma querida amiga do grupo falando estar indiganada .

Ela foi parar no hospital com dores intensas em decorrência da lesão e o médico que a atendeu disse que ela não poderia ter ido parar em uma unidade de pronto atendimento,ou emergência.

Segundo ela o médico disse que  "Condropatia" não é caracterizado atendimento de urgência. Mas que iria dar um remédio para tirar a dor."

Quero dizer que condropatia é doença sim! é uma lesão grave e todos nós seres humanos somos dotados de: corpo físico,mente e alma.

Todos merecemos ser tratrados com dignidade e respeito em qualquer plantão médico.

Quem sofre essa dor ,sabe o "tamanho" que ela tem e se fomos parar em uma emergência com certeza é porque precisamos,ninguém vai para um pronto socorro à toa.

Não sei quem foi esse "ser podre" que atendeu minha amiga,também não interessa saber, o fato é que aconteceu algo que jamais poderia ter acontecido com ninguém.

Ele ainda  disse a ela,que ela já nasceu com essa doença e que deveria já saber que remédios deveria tomar.

.

Felizmente eu tive muita sorte quando fui parar no hospital com dores intensas,o médico que me atendeu viu meu desespero e me atendeu maravilhosamente bem e jamais questionou eu estar lá por ser apenas uma "condropatia" .

Já passamos por uma doença física,nosso lado emocional fica extremamente abalado ainda vamos pedir socorro e somos tratados dessa forma apavorante? o que é isso? falta de sensibilidade? ou pessoas completamente despreparadas para atender um ser humano sofrendo

É de ficar estarrecida com tamanha "monstruosidade" espero que ninguém mais passe por uma situação assim.

Que essa realmente seja a última vez que eu saiba que  pessoas foram  maltratadas dessa forma por pedir socorro em qualquer lugar que seja.