Novidades!

4. ago, 2020

Hoje o blog traz o texto do Dr Daniel Carvalho sobre a artrose do joelho.

Mesmo sabendo que o blog é para quem tem condro,pessoas que sofrem de outras lesões sempre procuram o blog para novos conhecimentos e o Daniel que é meu orto sempre deixa todo os textos dele à minha disposição para postar aqui,então aproveito a oportunidade pra trazer novas informações.

Espero que as pessoas que sofrem de artrose possam aprender sobre o assunto e que o mesmo possa ajudá-las de alguma forma. 

 

4. ago, 2020

 

Dr Daniel Carvalho 

Para a maioria dos atletas, o aparecimento de doenças ou lesões é uma das piores situações, principalmente quando o tratamento é complicado ou pode colocar seu corpo em risco.

“A artrose é um problema que vai surgindo ao longo do tempo e se não tomarmos alguns cuidados, o quadro pode evoluir com muito desgaste das estruturas articulares, levando a cirurgia e muitas vezes a diminuição ou interrupção das atividades físicas ” conta Dr. Daniel Carvalho, ortopedista esportivo.

Os principais sintomas da artrose no joelho são: inchaço, dor que aumenta ao realizar atividades físicas e limitação dos movimentos, que pioram com o tempo se não tratados adequadamente.

O especialista afirma que, além da cirurgia, é possível tratar a artrose no joelho com ácido hialurônico associado a um programa de treinamento específico.

Ao usar esse tratamento, a lubrificação, absorção de impacto e propriedades anti inflamatórias aumentam.

“O efeito principal é a diminuição da inflamação e aumento da viscosidade do líquido sinovial, que é o líquido presente nas articulações com a função de amortecimento. A consequência disso, é a melhora da dor e da função do joelho como um todo” afirma o Dr.

A infiltração de ácido hialurônico é mais indicada para casos de artrose leves e moderadas, nos casos graves, é uma opção para melhora da dor até a cirurgia.

O principal foco do tratamento sem intervenção cirúrgica para a artrose do joelho são medidas para o reestabelecimento do equilíbrio muscular de membros inferiores, associado a melhora da dor e função do joelho, onde o ácido hialurônico tem se mostrado muito eficaz.

CRM /PR  20508 

1. ago, 2020

Hoje a minha nutricionista Carline Moesch trouxe o seu novo texto sobre os aminoácidos.

Não os uso pois acredito que não preciso deles ,porém alguns atletas que possuem treinos com intensidade muito elevadas o procuram como suplementação.

Tenho amigos e conhecidos do grupo que fazem uso dele para treinamentos de alta intensidade,muito maiores que as minhas.

Pessoas que estão bem recuperadas da condro assim como eu que pedalam por longos períodos de tempo ,correm,fazem escaladas inclusive.

Para as pessoas que não tem as informações necessárias sobre o que são e para que são ,no texto abaixo encontrarão as respostas.

E mesmo para quem não precisa e quer conhecê-lo por curiosidade ou para aprendizado,afinal conhecimento nunca é demais para ninguém.

O importante de tudo são os alertas que ela faz sobre o uso indevido do produto.

Escrevo sempre aqui que somos seres únicos e que devemos levar isso em consideração antes de fazer algo ,não importa o que seja,procure sempre o profissional especialista da área para que possam ter orientações perfeitas para a utilização de qualquer coisa ou de realizar qualquer atividade física.

Para isso temos profissionais altamente capacitados que escrevem aqui para trazer informações corretas .

Em breve teremos mais novidades! 

Aguardem! 

 

1. ago, 2020

 

O BCAA 

O corpo humano pode produzir quase todos os aminoácidos, com exceção de 8 a 10 que devem ser obtidos por meio da alimentação ou de suplementação, os chamados "aminoácidos essenciais".
Dentre os aminoácidos essenciais, temos 3 deles que são os chamados BCAA's (Aminoácidos de Cadeia Ramificada:)
• L-Valina
• L-Leucina
• L-Isoleucina

Durante o treino intenso com pesos, o corpo normalmente fica em um estado altamente catabólico. Nesse momento, se não houver os nutrientes necessários para abastecerem seu organismo durante o treino, ele passa a "roubar" os aminoácidos que estão presentes nos músculos para suprir a demanda do corpo por energia. O resultado disso é a perda de massa muscular.


Onde entra o BCAA que auxilia na recuperação muscular dos treinos, redução de fadiga central, melhora da imunidade e diminuição do grau de lesão muscular induzido pelo exercício físico. O suplemento também pode ser utilizado em patologias como desnutrição energética proteica e encefalopatia hepática.

Quando tomar?
Pode ser tanto antes quanto depois do treino. Isso porque ele ajuda no fornecimento de energia quando consumido antes de treinar. No pós-treino, auxilia também na recuperação dos seus músculos e na síntese proteica.


Como tomar?
A recomendação é tomar o suplemento 30 minutos antes dos exercícios e/ou ao final do treinamento. E pode ser em forma de cápsula ou pó que deve ser diluído em agua.
Lembrando que todo e qualquer suplemento deve ser consumido sob orientação médica ou de nutricionista.


O que faz bem ao seu colega pode fazer mal a você, cada ser humano é único e tem suas particularidades.

Fica a minha dica pra hoje.

Abraços até a próxima!

Carline 

1. ago, 2020

Fechei muito bem a semana ,ontem a aula foi ótima!

Bastão,fita,bola e borboleta.

Alongamentos combinados com agachamento com o bastão.

trabalhos novos com equilíbrio com a bola na parede ficando lateralmente com a coxa encostada na bola e fazendo agachamento com a outra perna com os pés levantados não deixando a bola cair. 

O legal foi trabalhar com a borboleta para os membros superiores e peitoral apertando e soltando a mesma.

Foi uma ótima semana e muito produtiva !

O mês de julho acabou muito bem pra mim,veremos agosto! 

Muita alegria por tantas conquistas alcançadas.